10 de outubro de 2009

Hoje, no estádio da Luz: É o tudo ou nada para a nossa selecção

Hoje o país inteiro vai apoiar nossa selecção

Esta noite, frente à Hungria, só a vitória fará Portugal continuar a sonhar com a presença no Mundial da África do Sul. Se a Suécia derrapar na Dinamarca, então, ainda melhor!
Já não há espaço para muitas contas num contexto em que Portugal se encontra dependente de si e dos outros. É sina nossa... Deixemo-nos, pois, de conjecturas, de aritméticas ou de probabilidades neste tudo ou nada em que caímos: hoje, frente à Hungria, é ganhar ou ganhar! O resto são cantigas.
O Grupo 1 tem a Dinamarca na frente com 18 pontos com mais dois jogos por disputar; em casa frente à Suécia (hoje) e contra a Hungria (na próxima quarta-feira). Ou seja, os dinamarqueses apenas têm de somar mais dois pontos para conseguirem o apuramento.
A Suécia joga na Dinamarca e tal como Portugal é obrigada a fazer contas. Se perderem e Portugal ganhar os suecos têm vida complicada e são ultrapassados, passando a equipa das quinas para a segunda posição do grupo. Se a Suécia empatar e Portugal vencer o segundo lugar vai depender do número de golos de cada selecção e lá vêm as contas à baila, de acordo com o seguinte regulamento:
a) maior número de pontos obtidos em todos os jogos do grupo;
b) diferença de golos em todos os jogos do grupo;
c) maior número de golos marcados em todos os jogos do grupo.
Se duas ou mais equipas obtiverem no mesmo resultado conforme o critério atrás referido, a sua posição no grupo será determinada da seguinte forma:
a) maior número de pontos obtidos nos jogos entre as equipas em questão;
b) diferença de golos nos jogos do grupo entre as equipas em questão;
c) maior número de golos marcados nos jogos do grupo entre as equipas em questão;
d) sorteio por parte da Comissão Organizadora da FIFA.
Em última instância e se o calendário internacional o permitir, podem disputar-se jogos para decidir o desempate em vez de se proceder ao sorteio.
Mas para quê pensar tanto? Portugal tem é de vencer, somar seis pontos nos dois jogos que lhe faltam disputar e esperar que a sorte esteja do seu lado e não favoreça os suecos.
Depois, se ficarmos em segundo lugar no grupo, lá vem o play-off, em que seremos um dos oito que tudo farão para ir à África do Sul.
Para Portugal começa hoje, às 20h45, no Estádio da Luz, a corrida ao ouro. O tudo ou nada!

Equipa provável: Eduardo, Bosingwa, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Duda; Miguel Veloso, Deco, Simão e Raul Meireles; Liedson e Ronaldo.

Sem comentários:

Publicar um comentário